Feliz 2015

dezembro 31, 2014



Em jeito de despedida de 2014, desejo a todos uma excelente entrada em 2015! Que o Novo Ano vos traga muita felicidade.  Desejo para 2015 serenidade para enfrentar os desafios da vida, muito amor e gratidão em cada novo dia e simplicidade para ver o que é essencial. 

Um grande obrigada aos que me acompanharam em 2014...nos encontraremos novamente em 2015!

crédito da imagem aqui

Feliz Natal

dezembro 24, 2014


Venho aqui desejar um Feliz Natal a todos os que estão sempre desse lado a acompanhar-me. Desejo um Natal com alegria, saúde e muita boa disposição, em família ou amigos. 

Beijinhos :)
crédito da imagem aqui

Inspiração para uma vida mais simples #16

dezembro 19, 2014


"A perfeição é atingida, não quando não há mais nada a acrescentar, mas quando não há mais nada para tirar." - Antoine de Saint-Exupery. Para ter uma vida simples é necessário dedicação, paciência e ter uma disciplina incessante. Simplificar não é fácil, não importa qual a tarefa, o espaço, o pensamento ou a área da nossa vida, tem que se estar sempre disposto a tirar o que não é essencial. Mas para isso, é necessário ter a consciência muito clara do que é essencial, para perceber o que se pode deixar de lado e conseguir mesmo tirar tudo o que está a mais, mas mesmo tudo! Lembrar sempre que a jornada para a simplificação é um trabalho árduo...mas alcançável! 
Nunca desistir de simplificar a vida ao máximo, para atingirmos a possível perfeição!

Bom fim-de-semana :) 

créditos da imagem | flickr new legs

10 Tarefas a fazer antes de ir de férias

dezembro 18, 2014


Todos já sabem que eu vou de férias de Natal e,  como já disse aqui, gosto de planear bem as coisas e deixar a casa organizada para o nosso regresso. Por isso é sempre bom lembrar as tarefas que faço antes de partir:
1- speedcleaning na casa para deixar a casa limpa e arrumada;
2- tratar da roupa da casa: não deixar nem roupa suja para lavar e roupa lavada para passar, mas se não tiver tempo não passo a roupa, deixo-a bem dobrada e arrumada; 
3- limpar o frigorífico e não deixar nada que se possa estragar durante o período que estamos ausentes. A ementa desta semana foi feita com base no que tínhamos de comer para não se estragar ou desperdiçar nada. 
4- planear ementa semanal para a semana após as férias, para não ter que pensar nisso e assim quando chegar tenho tudo organizado. Mais fácil para entrar na rotina normal! 
5- fazer comida para o dia de regresso e congelar, para não estar a cozinhar quando chegar de uma viagem.
6- tratar de alguma tarefa necessária antes de ir de férias. Não gosto de deixar nada pendente para depois das férias, por exemplo contas para pagar. Gosto de ter tudo resolvido e ir descansada.
7- preparar toda a documentação necessária para a viagem: cartões de cidadão, cartão de saúde europeu, cartões de multibanco, documentos do carro. Coloco tudo no mesmo sítio para o caso de ser preciso durante a viagem. 
8- preparar a comida para a viagem, isto para não termos que parar e gastar dinheiro desnecessariamente.
9- deixar a chave suplente da casa com o vizinho para vir regar as minhas plantas. 
10- confirmar se está tudo nas malas. Tenho a minha checklist para as férias

Eu vou aproveitar estas duas semanas de férias para dedicar tempo ao que amo e compartilhar bons momentos em família e amigos. Aproveitar para desacelerar, recuperar energias. Tempo ideal para fazer uma reflexão e pensar no próximo ano. Por isso vou deixar as novas tecnologias de lado durante este tempo e vou estar ausente do blog. Hum! Venho aqui pelo menos desejar bom natal e bom ano novo!

Prendas de Natal

dezembro 16, 2014


Prendas de natal! Muito se fala das prendas nesta altura do ano! É verdade que vivemos numa sociedade consumista e que na época natalícia muitas pessoas gastam o que não têm para oferecer uma prenda a alguém, muitas vezes inútil e sem significado. Mas penso que também há cada vez mais pessoas conscientes sobre este tema e estão a conseguir alterar um pouco (ou sou eu que estou mais consciente! não sei!). Eu gosto de oferecer prendas no natal ou noutra data qualquer. Nunca me lembro de entrar em exageros, até mesmo antes do minimalismo entrar na minha vida! 

Se ofereço prendas no Natal, não o faço como uma obrigação, faço porque realmente a pessoa é importante para mim e quero dar algo com significado para mim e para a outra pessoa. Este ano a minha maior prenda vai ser a minha presença. Acho que não há prenda melhor estar com a nossa família e amigos. Então para quem passa o ano longe dos seus, acho que nada mais importa a não estar com eles de corpo e alma.
No entanto vou oferecer prendas às crianças (minha filha e dois afilhados). Comprei roupa porque sei que estão a precisar e levo sempre quando vou a Portugal de férias. Para os mais crescidos da família vou oferecer umas trufas de chocolate (receita daqui) que vou eu mesma fazer com muito amor e carinho :)
Aqui em casa decidimos que não vamos dar prendas um ao outro (já damos durante todo o ano sem haver uma data especial). Mas decidi fazer uma surpresa ao Edgar e dar um álbum de fotografias nossas e uma mensagem especial (fiz aqui). Depois venho aqui contar! 
E surgiu-me a ideia de este Natal oferecer também palavras! Quero dar e receber palavras que nos aquecem o coração, palavras que nos dão felicidade. Escrevi umas cartas! Quero dizer às pessoas que amo o quanto as amo e o quanto elas são importantes para mim e dizer o valor que elas têm para mim.

Estas vão ser as minhas prendas de Natal deste ano. Mas deixo aqui uma lista das prendas que gosto de dar e receber, seja no Natal ou noutro dia qualquer:
- demonstrações de amor (ouvir e dizer a palavra amo-te)
- experiências (um jantar, uma estadia num hotel, etc.)
- álbum de fotografias ou simplesmente algo com uma foto com a outra pessoa (ex: um puzzle)
- uma carta/um postal com palavras escritas por ti (nada de clichés)
- livros/ebooks
- agendas ou caderninhos feitos por ti
- prendas comestíveis (bombons, bolachas, etc..)

E vou vos confessar uma coisa: eu adoro receber no Natal um pijama! Não me perguntem porquê, mas desde pequena gosto de ter um pijama na árvore de natal...

E desse lado qual é a prenda que gostam mais de receber?

*os embrulhos da fotografia fui em que fiz com papel craft liso, comprei umas fitas bonitinhas e coloquei as etiquetas daqui.

No fim-de-semana que passou...

dezembro 15, 2014


Foi mais um que passou...o último que vai passar antes da nossa partida para Portugal. E assim falta só cinco dias para abraçar os meus. Confesso que esta espera para mim é muito complicada! Não consigo evitar e fico muito ansiosa que chegue os dias, não consigo dormir direito e ando mais irritada, mais sensível, mais stressada, mais tudo... Ainda bem que está a acabar!

Aqui ficam os links que me inspiraram esta semana:
- O melhor presente que podes dar a alguém e a ti...a tua presença - do blog Miss Kale. Depois de passar meses sem a minha família, acho mesmo que o melhor presente que posso dar é a minha presença. 

- As expectativas dos outros sobre nós - da Coluna da Maiara no blog Uma Vida Mais Simples. É quase impossível viver sem expectativas, mas vale a pena tentar diminuí-las e estar mais aberto e disposto ao inesperado. 

- 5 verdades que devemos aceitar para sermos mais felizes - do blog Fêliz com a Vida. Um post que vale a pena guardar connosco.

- E como comecei a ter aulas de yoga e tenho-me interessado cada vez mais pelo assunto, achei interessante o post do blog Coisas Futeis: O yoga como tendência e algumas questões que surgem. E o post  do blog respire: Intensifique sua prática de yoga

Espero que esta semana passe bem rápido! Boa semana para todos :)

crédito da imagem | the wandering girl

Inspiração para uma vida mais simples #15

dezembro 12, 2014


"Quanto ao passado, nada tenho a ver; nem com o futuro. Eu vivo no agora” - Ralph Waldo Emerson. Gostava muito de pensar assim mas, como já disse aqui várias vezes, tenho uma certa dificuldade em deixar algumas coisas do passado. Nada que não tem vindo a melhorar com a minha insistência em manter-me no presente. E o futuro? Também é um problema...como muitas pessoas gosto de fazer os meus planos e agora chegou a altura em que é normal fazer listas de objectivos e planos para o novo ano. E eu adoro listas! No entanto, desde o ano passado deixei de pensar neles, escrevi na mesma num papel os objectivos que queria realizar e guardei...e a verdade é que muitas das coisas eu consegui concretizar. Acho porque não coloquei nenhuma expectativa. Estou a deixar de ter expectativas em relação ao futuro e sinto-me uma pessoa menos ansiosa e menos stressada. Cada vez tenho mais a certeza que a melhor forma de concretizarmos os nossos objectivos/desejos é pensar e viver a vida sempre no presente, sem eles mesmos (um pouco contraditório!). 
Como quase todas as coisas que nos fazem bem, viver no presente nem sempre é fácil, mas ter a consciência de que é realmente importante ajuda! 

Bom fim-de-semana :)

créditos da imagem | midwest supply co.

Destralhar o Bloglovin

dezembro 11, 2014


No início do ano normalmente começo a destralhar as minhas redes sociais, mas ao ler este post da Mariana decidi fazer agora a minha lista "minimalista" de blogs. Pois a tralha não é só material e o bloglovin é uma das coisas que dedico demasiado tempo, aliás mais tempo do que eu quero. Já eliminei a extensão do Bloglovin no Chrome, para não ver que tenho posts novos para ler e agora também eliminei alguns blogs, deixando só os que realmente eu gosto de ler. Como a Mariana diz aqueles que faço questão de seguir diariamente: como se fossem a minha oração, o meu mantra, a minha bíblia, a minha religião
Acho que até não seguia muitos blogs, tinha na minha lista 76! Só queria reduzir mais ainda para perder menos tempo a ler. Então deixei só mesmo aqueles que me identifico e me inspiram, ou seja, leio sempre sem clicar no "mark as read". Et voilá! Agora tenho 41 blogs divididos em 9 categorias: 

Cooking


Diy & photography


Eco-blogs


Happiness


Healthy life


Minimalism I 


Minimalism II 


Organization


Personal


Claro que os blogs sobre minimalismo estão em maioria, por isso dividi em duas categorias: os blogs escrito em português e os escritos em inglês. Há blogs que se encaixam em outras categorias, mas esta é maneira como gosto mais de os organizar. Tinha blogs de decoração, mas esses decidi seguir só pelo pinterest, aliás é lá que guardo as ideias que gosto mais.

Depois desta simplificação do meu bloglovin vou partir para as minhas redes sociais: facebook, pinterest, instagram e youtube. Ainda tenho algum trabalho!

A página de inspiração já foi alterada e coloquei esta nova lista!

E desse lado como estão as vossas redes sociais? 

A minha Árvore de Natal

dezembro 09, 2014


Como disse ontem, o Natal finalmente entrou cá em casa! Já temos árvore de natal, pequenina e bem simples como queria. O ano passado já tinha guardado no meu álbum "Simple Christmas" do Pinterest algumas ideias para fazer este ano. Como a nossa casa é pequenina e não passamos cá o Natal, queria algo alternativo à típica árvore de natal, simples e, claro, que lembrasse o natal. 
A ideia tirei daqui, e foi muito fácil de fazer e não foi preciso um grande investimento. Na ideia original é feito com cartão maquete, mas não encontrei aqui em França. Por isso comprei uma tela (50x70cm) e tinta preta acrílica. Pintei a tela com a tinta e depois quando estava bem seco foi só seguir os passos que a Rita explica:
  1. Usar um alfinete para marcar o meio do cartão no topo.
  2. Prender uma linha no alfinete e também nas laterais, com a ajuda de mais dois alfinetes. 
  3. Desenhar assim um triângulo na tela para ajudar a desenhar a árvore
  4. Depois é ir andando com o fio das luzes em zig-zag desde o topo até à base e cosê-lo, com cuidado, em cada volta. 
  5. No final retiram-se a linha e os alfinetes e já está! 
Na casa dos meus pais temos uma árvore bem grande e sei que por esta altura a casa deve estar cheia de decorações natalícias. Não vou dizer que não gosto, porque ia estar a mentir! Gosto e gosto muito! Mas sem exageros e aqui em casa não vale a pena ter muito trabalho com decorações de natal. Mais duas semanas e vamos embora para Portugal. :)  

Gostaram da minha árvore de natal?  

No fim-de-semana que passou...

dezembro 08, 2014


O Natal finalmente entrou cá em casa! No sábado andei pela internet à procura de umas ideias para fazer uma árvore de natal simples e que não ocupasse muito espaço, pois a minha casa é pequenina para colocar uma árvore e nós não passamos o natal cá. Só que queria algo que lembrasse que estamos na época de natal! E consegui! Esta semana mostro como ficou...
No domingo fez muito frio! As previsões diziam que ia nevar, mas não foi desta que o tempo nos presenteou com um dia de neve...Mas passei o dia todo a descansar e a ler um pouco. A sério! eu adoro passar os fins-de-semana sem fazer nada, por isso esforço-me para fazer tudo durante a semana para depois relaxar ao fim-de-semana. 

Esta semana lá vou eu começar mais duas semaninhas de estágio e depois vêem aí as tão aguardadas férias :) A formação que tenho feito têm sido fantástica. No início não falava nada de francês, a não ser: Bonjour! Ça va? Oui ou Non. Em três meses consigo falar e compreender bem as pessoas. Sinto-me feliz!

E para terminar...aqui estão os links dos posts que gostei mais na última semana:
- O destralhe e o quarto da Mariana do Blog Chá & Girassóis. Gosto de ler e ver as experiências de destralhe de outras pessoas.

- O blog Joana Goes Zen, que descobri esta semana e este post sobre yoga. Espero um dia, com a minha prática de yoga, consiga "aprender a viver com as minhas emoções e libertar-me daquilo que não me faz bem (...) e ver-me como um ser livre". 

- Este projecto de cartas para sonhadores do blog Coisas Fúteis. Que me fez ter uma ideia para este natal...escrever uma carta para as pessoas que amo a dizer o quanto elas são importantes para mim. Acho que não há melhor prenda! 

- Precisamos de falar sobre 2014 no blog Desassossegada. Hum!! O meu 2014 foi muito bom...é o que me vem à cabeça quando faço um balanço do ano que passou. Um ano cheio de coisas boas, e mesmo as más ajudaram-me a conhecer-me melhor!

"Acontece, às vezes você tem que fazer a coisa errada. Às vezes tem que fazer um grande erro para descobrir como fazer as coisas direito. Os erros são dolorosos, mas eles são a única maneira de descobrir quem você realmente é." - Grey's Anatomy, tirado de às nove no meu blog.

Boa semana para todos! 

crédito da imagem | tee ise

Inspiração para uma vida mais simples #14

dezembro 05, 2014



"A capacidade de simplificar significa eliminar o desnecessário para que o necessário possa falar". Esta frase do pintor Hans Hofmann é ideal para dizer o que tenho feito quando decidi seguir um estilo de vida minimalista. Descobri que há muitas coisas que posso deixar ir ou tirar da minha vida. E falo de coisas materiais e não-materiais! É importante eliminar coisas das minhas listas "To do", por exemplo, ou deixar de verificar o email com tanta frequência, para que tenha espaço, tempo e energia para o que realmente é importante. Mas também é importante eliminar pensamentos e sentimentos negativos. Manter a vida simples, viver no presente e deixar o passado lá atrás. Remover o desnecessário para ter mais espaço, tempo e energia para o que realmente é importante. E tornar a vida muito mais interessante e feliz.

crédito da imagem | 25 media tumblr

O que é essencial?

dezembro 04, 2014


A semana passada estive ausente, como disse na segunda. Estive doente (nada de grave, mas uma pequena infecção no estômago já incomoda) e não havia maneira de conseguir escrever alguma coisa. Foi uma semana que passou e abria o blogger e ficava a olhar para a folha em branco e nada, nada de nada! Acontece-me muitas vezes....

No entanto, andei aqui em casa a fazer tarefas que já andava a adiar há algum tempo. Finalmente foram riscadas das minhas listas! Por isso até foi "útil" ficar doente (claro que preferia ter ficado em casa por outros motivos). Estes dias serviram para eu fazer uma pequena reflexão e várias vezes surgiu na minha cabeça a pergunta: "O que é essencial para mim?". A questão que tantas vezes fazemos quando decidimos embarcar nesta jornada pelo minimalismo. Então lembrei-me de umas questões que Leo Babauta nos dá no seu livro "O Poder do Menos":

  1. Quais são os seus valores?
  2. Quais são os seus objectivos?
  3. O que é que ama?
  4. O que é importante para si?
  5. O que é que tem maior impacto?
  6. O que tem o maior impacto a longo prazo?
  7. Preciso ou quero?


Estas questões são um bom exercício para quem tem dificuldades em decidir o que é essencial para si. Quando ando meio perdida nas minhas coisas, gosto de colocar estas questões para me orientar novamente. E como o autor diz é necessário uma revisão contínua até nos sentirmos satisfeitos por não conseguir eliminar mais nada. Penso que tenho ainda um longo caminho para percorrer...

Já pensaram em responder a estas questões?

1. referente a essência
2. que constitui a essência de algo; básico, fundamental
3. importante, indispensável
4. a coisas principal; o ponto mais importante.


Olá Dezembro

dezembro 02, 2014


Olá Dezembro! No blog já neva mas aqui em França não...dizem que é esta semana!! 
Gosto deste mês. Um mês que para mim tem um nome, e não é natal...é família! Finalmente está a chegar o dia em que vou poder abraçar os que amo, ouvir as vozes conhecidas, sentir os cheiros conhecidos...voltar ao meu país!  

O mês de Novembro já lá vai...senti que passou a correr, entre formação, estágio e as coisas da casa. Mas foi muito produtivo para mim: consegui fazer tarefas que estavam à espera já algum tempo, comecei um novo hábito (fazer exercício), diminui um pouco a minha lista de livros a ler, colocando a leitura em dia e tive muitos momentos de não fazer nada, para mim cada vez mais importantes.

Agora que chegou o Dezembro, é altura de fazer uma análise no ano que passou, praticar a gratidão e agradecer todas as coisas que vivi neste ano. Para mim um ano muito enriquecedor para o meu desenvolvimento pessoal  (espero que desse lado tenha sido tão bom ou melhor que o meu). Olho para todos os meses que passaram e sinto que este ano trouxe-me tanta coisa boa! 
Neste mês, é tempo de planear o novo ano que aí vem, fazer uma nova agenda, pensar em novas mudanças de hábitos e em manter novas rotinas adquiridas, planear novos objectivos ou novos planos para que os meus grandes objectivos sejam cada vez mais alcançáveis. 

Desejo que este mês seja cheio de felicidade, gratidão e partilha! Bom mês de Dezembro para todos!

créditos da imagem | tumblr mini lights

No fim-de-semana que passou...

dezembro 01, 2014


Não se fez nada de especial...Estive doente durante a semana e agora foi o vez do meu companheiro ficar doente no fim-de-semana. Por isso nada melhor que ficar em casa no quentinho! É das coisas que mais gosto...saber que está um frio de rachar lá fora e que eu estou no quentinho da minha casinha :)

Este domingo fiquei muito feliz que o meu blog foi indicado no grupo Minimalistas de Portugal pela Fátima e que a Mariana do blog Chá & Girassóis também referiu o meu blog na sua lista minimalista de blogues. É sempre bom saber que outras pessoas lêem e gostam do que escrevo aqui no blog. 


Como é hábito, deixo aqui os posts da última semana que gostei mais:
- Este blog que também fala de minimalismo em português.

- 7 Dicas para uma revisão digital - Vida Minimalista. Costumo fazer esta revisão em Janeiro e este ano não vai ser diferente. Bem que já não acumulo contas de emails e redes sociais por essa internet fora, mas gosto de dar uma limpeza nas que tenho. 

- Outro post do Vida Minimalista: Limpe sua mesa. Eu sou mesmo daquelas pessoas que não consegue começar nada quando tenho a minha "mesa" desorganizada. Preciso muitas vezes concentrar-me, limpar a mente e organizar os próximos passos com calma. 

- Vivendo uma vida simples - Leo Babauta, traduzido pela Estefanie do blog Coisas Fúteis. Vale a pena ler sempre estas reflexões. Para mim uma inspiração! Já lá vão 8 meses que eu deixei de fumar, inspirada na história de Leo Babauta e no livro "O Poder do Hábito" como podem ler neste post. Foi a melhor mudança que o minimalismo trouxe para a minha vida.

- E como já se fala muito do Natal este post da Inês do blog Minimal: Por um Natal menos consumista. Já alguns anos que as prendas de Natal não me dizem nada e prefiro mesmo que ninguém me dê nada. O que me importa realmente é saber que está a chegar o dia em que vou poder abraçar todos que eu amo. 

E deixo este texto que bem podia ser escrito por mim...sinto cada palavra deste texto escrito pela Sofia do Às Nove no Meu Blog:

"Já só penso no conforto daqueles abraços que são o melhor porto de abrigo da minha vida. Naquele sítio-amor a que posso voltar sempre e onde sinto que nunca fui embora. Adivinho-lhes os sorrisos e os abraços apertados, a força do «que bom que chegaste», repetida sempre no mesmo tom comovido pelo meu pai, e acompanhada das mãos que seguram as minhas e que têm o melhor cheiro do mundo, de mãe. 
Sei que terão à minha espera todas as coisas boas que gosto e que só a minha mãe faz como ninguém, todos os mimos, todas as atenções, todo o amor. Tudo o que cabe neste bocadinho e que ajuda a compensar o que não partilhamos o ano inteiro. Sei que farão destes dias uma festa e que de vez em quando vão olhar para o calendário na esperança que o tempo possa parar, e que possamos ficar mais um dia, ou dois, ou sempre.
Tento dar-lhes o melhor de mim, compensar a ausência, as falhas que tantas vezes me fazem chorar, ser filha, irmã, tia como queria ser, em presença, o ano inteiro. E procuro encher o peito de ar com a força da família que a vida, de forma tão generosa me deu e pela qual agradeço todos os dias. 
Tempo de voltar a casa. Porque esta é uma saudade que nunca acaba e que mais ninguém preenche".

crédito da imagem | innayas vsco

No fim-de-semana que passou...

novembro 24, 2014


Descansei mesmo! Não fiz rien de rien... Soube mesmo bem! No sábado coloquei a leitura em dia e finalmente terminei de ler a Triologia de Cinquenta Sombras de Grey. Andava a arrastar o último livro já há algum tempo, pois penso que a história é "mais do menos" e poderia ter sido muito bem contada num só livro, mas mantinha a minha curiosidade de saber como terminava, por isso li até ao fim. Comecei a ler este livro, que estou a gostar. Normalmente leio dois livros ao mesmo tempo: um por prazer à noite e ao fim-de-semana; outro para desenvolvimento pessoal de manhã e à hora de almoço.  
No sábado aproveitei para fazer uma secção de cinema...foi mais uma mini-maratona, pois vi três filmes bem diferentes (este, este e este). Adorei! Há muito tempo que não fazia isto e eu gosto tanto! 

Como é hábito deixo aqui os links dos posts que gostei mais de ler durante a última semana:
- Destralhando o guarda-roupa e ficando com essencial - do blog Vida Organizada. Já fiz os passos que a Thaís fala várias vezes ao meu guarda-roupa.

- Porque ter só uma mala me fez mais feliz - do blog Fêliz com a Vida. 

- Estas palavras da Sofia do Às Nove no meu Blog: "Esquecer o que fomos, viver o que somos".

- As ideias de um livro interessante, que a Fátima do blog Música com Café partilhou.  

Palavras da Catarina do blog Mundo da Alice, que podiam ser minhas:
"Toda eu sou sensações e emoções. Talvez até dê demasiada importância às coisas (se bem que as coisas só têm a importância que nós lhe damos). Não tenciono mudar, acreditem que já tentei e não resultou, logo há que conviver e aceitar aquela que é a minha essência. Não sou de me queixar, quando algo não está bem, faço o que posso para ultrapassar. Nem sempre as coisas estão ao nosso alcance, e claro, isso torna-nos mais frágeis. A solução passa por dar uso aos sentidos... Nada como apreciar as pequenas coisas que nos rodeiam, ver a beleza nessas pequenas coisas, respirar fundo, e acreditar que as coisas vão mudar. Nem antes, nem depois, apenas quando tiver de ser".

Desejo uma boa semana para todos!

Inspiração para uma vida mais simples #13

novembro 21, 2014


"O segredo da felicidade, entenda, não é encontrada na busca de mais, mas no desenvolvimento da capacidade de desfrutar do menos." - Sócrates. E eu tenho sentido cada vez mais isso desde que comecei a simplificar a minha vida e desfrutar do menos. Todos os dias aprendo a ser grata pelo que tenho e sou mais feliz. Aprender a contentar com pouco! É fácil? Não, não nesta sociedade em que vivemos...é preciso mudar muitos pensamentos e, para além disso, é preciso persistência e tempo. Não esquecer que a felicidade está em agradecer as poucas coisas que temos e deixar de desejar mais e mais. 

créditos da imagem | coffee in the mountains

Tarefas simples que facilitam a minha vida

novembro 19, 2014


É verdade que sempre fui uma pessoa organizada e detesto viver no meio da desorganização, mas nem sempre é fácil manter tudo como quero. Por isso faço algumas tarefas diárias simples para facilitar a minha vida, manter a arrumação e a limpeza da casa, e não andar stressada. 

- Não saio de casa sem fazer a cama. Logo que acordo coloco a cama a apanhar ar e bem antes de sair de casa puxo o edredon para cima. Nota-se que tenho tudo bem simples e nem tenho a cama cheia de almofadas. 

- Guardo logo tudo o que utilizo. Aqui em casa também se aplica a regra: se usou...guarde, se sujou...limpe, se desarrumou...arrume, etc. Assim é difícil as coisas ficarem muito desarrumadas. 

- Arrumo a cozinha todos os dias depois do jantar: lavar a loiça, limpar fogão e bancada, arrumar a mesa e passar a mopa pela cozinha. Esta última tarefa também faço de manhã, pois a nossa preta fica na cozinha. 

- Lavo a roupa e passo durante a semana. Somos duas pessoas cá em casa então no máximo faço duas máquinas por semana (roupas nossas e roupas da casa), normalmente à sexta. Passar a ferro normalmente é à segunda, mas só posso a roupa que realmente precisa que não é muita (gasto 1h ou menos por semana com esta tarefa). 

- Limpo a casa-de-banho regularmente: passo o pano húmido para eliminar a sujidade da pasta de dentes e passo a mopa no chão para apanhar cabelos e outras sujidades. Normalmente faço isto de dois em dois dias quando termino de despachar-me de manhã. 

- Antes de deitar-me tento sempre não deixar nada fora do lugar e preparar as coisas para o dia seguinte (almoços, roupa, etc...). 

- Arrumo os papéis e correio no sítio certo. Tenho uma caixa de entrada na entrada da casa, e aí deixo os papéis que recebi nesse dia, até chegar o dia em que processo tudo (costumo fazer ao sábado).  

- Tenho uma lista de tarefas que devo fazer todos os dias. Claro que eu sei que tenho essas coisas para fazer e já faço isso automaticamente. Mas há dias que não estou muito bem e a lista ajuda-me (e eu gosto muito de listas).

- Faço a ementa semanal. Tenho de fazer todas as semanas, quando não faço a semana não corre da mesma maneira e as refeições são sempre feitas à pressão.   

Preciso de dizer também que tive de diminuir as minhas expectativas em relação à minha organização diária e à organização da casa. Principalmente esta última, tudo o que implica a sua limpeza e arrumação é difícil, pois viver com uma pessoa que não liga nenhuma a isso e com uma cadela dentro de casa. Simplificar...simplificar a casa...simplificar as expectativas...simplificar a organização!

E desse lado quais são as tarefas que facilitam o vosso dia à dia? 

No fim-de-semana que passou...

novembro 17, 2014


A chuva não nos largou! Mas não foi por isso que o meu fim-de-semana não foi rentável, como costuma acontecer nestes dias. Pelo contrário! Fiz todas as tarefas que tinha planeado, e não eram poucas. Fiquei satisfeita! Aqui em casa seja de semana seja fim-de-semana acorda-se sempre cedo, para os dias serem bem aproveitados.

Nesta semana já não tenho estágio, então vou ter mais tempo disponível. A semana passada inscrevi-me numa associação de ginástica que têm aulas de Yoga. Já experimentei fazer uma aula e gostei muito, por isso vou continuar. Depois venho aqui dizer como está a correr a minha prática.

Andei a organizar o meu Evernote e seguir as dicas do site The Secret Weapon, que a Simple Happy me aconselhou. Era mesmo o que eu pretendia para a utilização do gtd no evernote, simples e prático. O site está inglês mas a tradução do google tradutor pode ajudar. Quem quer utilizar o evernote com o gtd pode começar por este site.

Agora deixo aqui os posts que gostei mais da semana passada:
O Paradoxo do Minimalismo - no blog The Minimalists. "os minimalistas não evitam bens materiais; evitam o excesso. Paradoxalmente, por possuir menos, as coisas que possuímos trazem mais alegria para nossas vidas. (...) todas as nossas coisas são as nossas coisas favoritas."

- As reflexões da Thais sobre a coleta no GTD - no blog Vida Organizada.

- Este apartamento minimalista que a Mafalda nos apresenta - no blog A Felicidade é o Caminho.  

- Atitudes que podem estar te impedindo de ser feliz - no blog Fêliz com a Vida. 

- Você precisa de um tempo para você - no blog Desassossegada.

Este texto:
Aprendemos que «quando andamos sempre em frente, não podemos ir muito longe». Que só as curvas, as esquinas, os caminhos sinuosos, as estradas fechadas, os atalhos, as segundas vias, permitem-nos ter uma melhor consciência do que é a vida. E de passar a viver melhor quando praticamos todos os dias a conjugação do verbo aceitar. - de às nove no meu blog.

créditos da imagem | flickr marilia k.

Inspiração para uma vida mais simples #12

novembro 14, 2014


Ser organizada o quanto realmente preciso ser...não mais! Ler esta frase ajuda-me nos momentos em que exagero demasiado na organização e quando me sinto frustrada por não conseguir manter tudo organizado como quero ou fazer tudo o quero. O que preciso mesmo, para viver uma vida simples, é de simplificar todas as coisas que possuo e assim elas vão-se manter organizadas sem menor esforço. Por exemplo, uma das tarefas que mantenho à algum tempo na minha lista To Do, e ainda não realizei, é organizar os favoritos do meu computador, tenho imensas coisas que guardei lá para ler mais tarde. Algum dia eu vou ler? Duvido! É mesmo essencial para mim? Não! Então para simplificar é eliminar tudo e não volto a ficar frustrada por não ter completado essa tarefa. Dei este exemplo, mas podia ser um armário cá de casa. O seu armário da casa-de-banho, por exemplo, precisa de ser organizado? Sim! Mas precisa mesmo de tantos produtos de banho, cremes, maquilhagem, etc.? Não! Se simplificar e manter o necessário as coisas ficam organizadas por si. Viver uma vida simples é organizar só o que realmente é essencial e não organizar excessos, tralha. Até mesmo os sistemas de organização: arquivos, agenda, aplicações (ex: evernote), o melhor é mesmo manter o seu uso o mais simples possível para conseguir uma vida simples e organizada. E lembrem-se é preciso dar espaço para a vida acontecer. 

créditos da imagem | flickr sonya khegay

No fim-de-semana que passou...

novembro 10, 2014


Tive muito pouco tempo para fazer as coisas de que mais gosto: ler, escrever ou mesmo não fazer nada! Sábado trabalhei, pois estou a estagiar numa loja. Para mim é muito bom, porque pratico o meu francês e é a melhor forma de aprender a falar uma língua. 
Já há algum tempo que não trabalhava ao fim-de-semana, mas correu bem :)

Então domingo foi dia para descansar e aproveitar os momentos. Desde que comecei a minha jornada pelo minimalismo sinto-me mais calma e a precisar cada vez mais de momentos de tranquilidade. Ultimamente tenho dito muitas vezes não a eventos sociais e já dizem que estou diferente. É verdade! Realmente estou diferente, mas sinto-me bem assim e não vou mudar só porque os outros acham que não estou social. Aliás eu continuo social, mas é quando acho que é essencial para mim, ou seja, passei a escolher melhor os eventos que quero ir. Foi só um desabafo!

Os links que gostei mais na última semana:
- Porque quanto mais agarramos mais temos medo de perder - do blog Hi-Fu-Mi-Yo. Vale a pena ler o post e ver o video que a Diana publicou. 

- 10 dicas para sentir-se bem - do blog Vida Minimalista. Uma das dicas que não faço mas vou experimentar esta semana é a prática de yoga. Finalmente inscrevi-me nas aulas. 

- Sugestões para gerir o stress - do blog A Felicidade é o Caminho. 

- Minimalizar: um exercício diário - do blog Uma Vida Mais Simples. "a grande questão do consumo consciente. Não que deixaremos de consumir, isso é inevitável, mas comprando com responsabilidade, refletindo sobre a necessidade daquele item em nossas vidas, sobre os impactos da produção de descarte do mesmo, vamos realizando diariamente esse exercício de autoconhecimento que o minimalismo nos proporciona".

- E este vídeo que a Catarina do blog Mundo da Alice publicou. Adorei!

Boa semana para todos! 

créditos da imagem | flickr sonya khegay

Inspiração para uma vida mais simples #11

novembro 07, 2014


"Simplificar não se destina a deixar a sua vida vazia - mas sim a deixar espaço na sua vida para o que realmente quer fazer" - Esta frase não precisa de qualquer explicação ou interpretação!!! Sinto cada vez mais que a simplificação da minha vida veio deixá-la mais cheia...mais cheia de coisas que realmente gosto...mais cheia de bons sentimentos...mais cheia de bons momentos!

Bom fim-de-semana :)

créditos da imagem | flickr blue mountain thyme

Projecto 333 - Um mês depois...

novembro 06, 2014


Já passou um mês desde que iniciei o projecto 333 e posso dizer que estou muito satisfeita. Percebi que realmente não preciso de muita roupa! E por mais estranho que pareça deixei de sentir que não tenho roupa suficiente, como me sentia antes do projecto. Dos 33 itens que escolhi ainda não usei algumas coisas, mas já substitui algumas peças por umas mais quentes, pois aqui já faz frio.

Os itens que retirei foram: umas calças azuis de tecido, um top castanho que está velho, uma écharpe verde. Depois adicionei uma camisola às riscas mangas compridas, um cachecol de malha preto, luvas e gorro (à dias de manhã que já preciso de usar). 

Com este projecto tenho verificado que:
~ simplifiquei a minha vida na hora de escolher o que vestir. Agora é muito mais fácil e rápido e assim não perco tempo nem energia logo de manhã. 
~ continuo a ter peças que quase nunca uso e outras que uso sempre. Tenho que mudar isto! E utilizar as roupas que uso menos, para que as minhas roupas preferidas durem mais tempo.   
~ consegui definir bem o meu estilo e saber o que realmente quero para o meu guarda roupa. Agora sei bem o que realmente gosto e as roupas que me fazem sentir bem. 
~ consegui desapegar de algumas peças que andavam ainda no meu roupeiro e que não usava. Definitivamente vi que não vou usar.
~ comprei a camisola das riscas e o gorro neste mês e na hora de comprar não estava nada indecisa. Posso dizer que com o projecto é mais fácil de ir às compras, pois já tenho bem definido o que preciso. 
~ para um guarda-roupa funcionar bem, o melhor é ter peças básicas e que conjuguem bem umas com as outras. Penso que o meu é bem simples. 

No início do projecto coloquei algumas fotografias no meu instagram...vou voltar a colocar lá alguns outfits que vou fazendo. 

Para quem quer destralhar o guarda-roupa este projecto ajuda imenso...Aconselho mesmo!

Destralhar o Telemóvel

novembro 04, 2014


Inspirada neste vídeo do blog Light by Coco decidi destralhar o meu telemóvel (o computador também está a precisar, mas fica para outra altura). Em abril deste ano o Edgar comprou um telemóvel novo para ele e eu fiquei com o antigo dele, que está em ótimo estado. Nunca tive um smartphone mas sempre desejei ter um, só que nunca foi uma prioridade para mim comprar um. Fiquei muito contente de o ter ganho :) parecia uma criança e comecei logo a colocar todas as aplicações que eu achava importantes para mim. Afinal de alguns meses tinha excesso de aplicações e não utilizava a maior parte delas. 

Agora tenho apenas na primeira página do telemóvel as 4 aplicações básicas: telefone, contactos, mensagens e o atalho para as outras aplicações. A imagem do meu telemóvel é simplesmente uma frase que adoro: "life is made of the little moments", para me inspirar todos os dias. Para as restantes aplicações tenho apenas 2 páginas como podem ver no vídeo em baixo (o video não está muito bom mas dá para ver). 



Aplicações instaladas:
  1. Navegador Chrome - para mim o melhor navegador e tenho em todos os meus equipamentos. 
  2. Outlook - tenho duas contas de email: uma do hotmail e uma do gmail. Mas recebo todos os emails no outlook.  
  3. Dropbox - é onde guardo todos os meus ficheiros do computador e quando preciso de aceder a algum documento fora de casa basta vir aqui. É uma aplicação que utilizo muito. 
  4. Evernote - outra aplicação onde guardo muita coisa: projetos futuros, tarefas, receitas que quero fazer, informações da net que quero voltar a ler, etc.
  5. Google keep - onde escrevo notas rápidas de ideias que me surgem. É bem simples como todos os aplicativos da google e funciona como se eu escrevesse um post-it. 
  6. Facebook e o seu Messenger - cada vez uso menos, mas utilizo para falar com a minha família e amigos que estão longe. 
  7. Bloglovin - é a aplicação que utilizo mais no telemóvel, pois leio os meus blogues favoritos quando estou fora de casa. 
  8. Pinterest - onde guardo o que vou encontrando pela internet e me inspira. 
  9. Instagram - tenho à pouco mas vou tentando colocar algumas coisas do meu dia-a-dia o fazer desafios como o #desculpashámuitas. 
  10. Youtube - para ouvir as minhas playlists. 
  11. Vsco cam - a minha aplicação favorita para editar fotos.
  12. Câmara fotográfica
  13. Calculadora 
  14. Calendário google - a minha agenda. 
  15. Google tradutor - utilizo muito para a minha formação ou no dia-a-dia quando preciso de alguma palavra que não sei, pois vivo num país com uma língua que ainda não conheço bem. 
  16. Adobe reader - onde tenho o livro em pdf que estou actualmente a ler.  
  17. CamScanner - aplicação que utilizo para digitalizar documentos e enviar para o Evernote.
  18. Shazam - para quando oiço alguma música que goste mas não sei o nome. Utilizo o Shazam para identificar o nome da música e depois vou ao Youtube e coloco-a na minha playlist.   
  19. Clearfocus - utilizo para a técnica dos pomodoros. É uma aplicação com o layout bem simples, como eu gosto, e quando a utilizo sou bem mais produtiva.   
  20. Yoga - uma aplicação para a minha prática de yoga. Tem 37 programas para se fazer e explica detalhadamente as poses.    
  21. Mindfulness - utilizo para cronometrar o tempo da minha meditação. 
  22. Beber água - esta aplicação calcula a quantidade de água que temos de beber de acordo com o nosso corpo. Para mim é importante porque esqueço-me de beber água e com a app recebo uma notificação para me lembrar.  
  23. Nike+ Running - aplicação para me incentivar a correr, mas agora com o frio começa a estar mais complicado. 
  24. Out of milk - esta aplicação permite criar a lista de compras, mas confesso que ainda não a explorei bem. Se continuar a ter pouco uso elimino. 
  25. WorkFlowy - a aplicação que utilizo para organizar as listas de coisas a fazer. Tenho conhecimento desta aplicação à pouco tempo. Ainda não explorei bem mas vou mantê-la.
Tenho ainda duas pastas com aplicações que já vêm no sistema, mas que não é possível eliminar. Uma para aplicações do google que não utilizo e não consigo eliminar e outra para aplicações do sistema do telemóvel e da operadora. Reduzi bastante as aplicações que tinha, mas mesmo assim tenho 25. Como destralhar é um processo continuo, daqui a algum tempo vou verificar se existe alguma aplicação que não preciso manter.
Ainda eliminei mensagens, registo de chamadas e contactos que já não preciso, mas não foram muitos, porque tenho o hábito de fazer isto no final de cada mês ou de dois em dois meses. 

Agora tenho de arranjar coragem para destralhar as pastas do meu computador, mas isso vai demorar mais tempo de certeza. Formatei o computador à pouco tempo, mas ainda continuo com os Favoritos do Chrome cheio, a pasta da Dropbox para organizar e fotografias para processar. 

E como estão os vossos telemóveis? Têm muitas aplicações?

No fim-de-semana que passou...

novembro 03, 2014


Decidi retomar outra vez a escrita aqui no blog, então dediquei algum tempo a planear e a escrever alguns dos posts da próxima semana. Aproveitei para organizar bem a próxima semana, pois vou começar a estagiar e não quero andar ao sabor do vento, como andei no último mês. Eu gosto de ser organizada e gosto de ter tudo organizado, por isso tenho que me focar mais na minha organização para as coisas correrem como eu quero e para ser mais produtiva. 

Agora deixo aqui os posts que gostei mais da semana que passou:
- Ferramentas de planeamento para gerir o tempo do blog A Felicidade é o Caminho. A importância de ter uma agenda seja ela em papel ou electrónica. Fiquei a saber que o meu estilo de agenda é misto, pois tem características do estilo sensorial e do estilo High-Tech

- A história da Rita com a televisão, do blog The Busy Woman. É bem parecida à minha! Por vezes perco demasiado tempo a olhar para a televisão, e principalmente perco demasiado tempo ao computador. A televisão dispensava ter em casa, mas já o computador não dispenso mesmo!

- Simplificar a vida é uma meta ou caminho? do blog Vida Minimalista. Para mim é claramente um longo caminho que temos para percorrer, principalmente porque a vida muda e nós mudamos, e o que é essencial para nós também muda com o passar do tempo.  

- Como a Thais se está organizando agora, do blog Vida Organizada. Gosto de ver como os outros se organizam e tirar algumas dicas para adaptar a minha própria organização.  

O excesso é o "berço" da tralha:
"Minimalism, then, is not a radical lifestyle; it is simply a way to bring balance to our lives—to organize and prioritize and discover what is appropriate for each of us. If something is not appropriate, then it is excess. And excess is the birthplace of clutter". - do blog The Minimalists

imagem | pinterest

Olá Novembro...

novembro 01, 2014


Olá Novembro! Olá a todos...espero que ainda continuem desse lado!
Hoje começa um novo mês...Gosto deste mês, especialmente gosto do dia 1 de Novembro, quando há broas da minha mãe a sair do forno, as castanhas e batatas doces assadas, a alegria da minha filha que vem do pão-por-deus de saco cheio de guloseimas (aliás não sei quem fica mais feliz a Carolina ou o Avô). Na verdade este ano não tive nada disso, porque estou bem longe de todos, mas sei que o dia vai ser assim! E são estes momentos que gosto de relembrar sempre de sorriso na cara. 

Bem! Deixando as lembranças boas...
Sei que andei ausente daqui durante o mês de Outubro! Não por falta de tempo...mas por falta de organização da minha parte, e por falta de inspiração também. Mês de outubro foi mesmo um mês de procrastinação para mim! Quero fazer tanta coisa ao mesmo tempo que onde fatigada e sem energia para lidar com as coisas importantes para mim. E neste momento para mim é importante a formação profissional de francês que estou a fazer. Tenho que falar e escrever bem esta língua, para conseguir avançar para a frente. Como me sinto com a energia mais em baixo, preferi então fixar alguns limites para concentrar-me na minha aprendizagem. Daí a minha ausência!

Espero que o mês de novembro corra melhor...um bom novembro para todos :) 


créditos da imagem | wallpapers wide

No fim-de-semana que passou...

outubro 06, 2014


Foi tempo de ficar em casa, descansar...mas também foi tempo para planear a nova semana que entra, planear novas rotinas (esta semana vou estar a ter formação noutra cidade). Fazer a ementa semanal e a lista de compras para manter a nossa alimentação equilibrada e sem excessos. Como todos os meus fins-de-semana! Gosto de deixar tudo planeada para conseguir ter uma boa semana. Também foi tempo de planear os estudos da minha filha, pois mesmo longe gosto de dar apoio e orientá-la nos estudos. 

Foi tempo de colocar a leitura em dia e deixo aqui os posts que mais gostei.

- Ter amor próprio - Vida Minimalista. Depender somente de nós próprios para ser feliz.

- Porque não devemos ter medo de arriscar - Miss Kale. É importante ter coragem de percorrer o caminho escolhido, ainda que imperfeito. 


- Será que é tão difícil assim? - Desassossegada. Quando pensar que o meu caminho está difícil vou fazer esta pergunta a mim própria. Talvez a resposta vai-me mostrar que não é.

- Porque temos vergonha de dizer que somos felizes? - Feliz com a Vida. Esta "questão cultural" também acontece muito em Portugal. Temos medo de mostrar que somos felizes! Porquê?

E uma boa inspiração para o meu projeto 333...este video:



A semana que passou não correu muito bem para mim. Mesmo sabendo que o caminho que tenho pela frente não vai ser nada fácil, não quero desistir dos meus objectivos nem dos meus sonhos. Mas é preciso parar, pensar, enfrentar os obstáculos e não contorná-los. Lembrar que todo o caminho tem os seus desafios e que vou conseguir superar, mesmo quando tudo me diz que não ou mesmo quando, em certos dias, eu própria digo que não. 

Boa semana! 

créditos da imagem | Jynele Flickr


Inspiração para uma via mais simples #10

outubro 03, 2014


A frase completa é: “Be Content with what you have; rejoice in the way things are. When you realize there is nothing lacking, the whole world belongs to you.” - Seja feliz com o que tem; regozije-se na forma como as coisas são. Quando perceber que não há nada faltando, o mundo inteiro pertence a si. 

Esta citação inspira-me muito! Desde que o minimalismo entrou na minha vida, tenho aprendido a deixar de pensar no que não tenho e dar valor ao que realmente importa...aquilo que tenho! Sei que não é tudo o que eu quero, mas é tudo o que eu necessito de certeza. Muitas vezes cai-se no erro de confundir o que se quer com o que realmente é necessário.
Quero aprender a agradecer todos os dias o que a vida me tem dado. Quero aprender a escolher o que é essencial para mim e ser feliz com o que possuo. Mas é verdade que nem sempre é facil! Pois nem sempre me sinto satisfeita com o que possuo e quero mais ou melhor, muito por influência desta sociedade consumista em que vivemos. No entanto, sei que a minha felicidade está em deixar de querer tanto as coisas que não tenho e reconhecer aquilo que tenho e o significado que tem para mim. Pode não ser o melhor, o mais bonito ou o mais moderno. Mas é o que tenho! 

créditos da imagem | whimsicalities

Destralhar o Guarda-Roupa e o Projecto 333

outubro 01, 2014


Depois das férias de verão e da mala de viagem que fiz, decidi fazer este mês o Projeto 333 de Courtney Carver. Até foi uma boa altura porque a minha rotina mudou no mês de setembro devido ao curso que comecei. E para facilitar a minha rotina de manhã foi essencial simplificar o meu guarda-roupa. 

Já tinha lido imenso sobre este projeto e vi muitos autores de blogs minimalistas a aderirem. Então o que é o Projeto 333? É um projeto no qual temos que escolher 33 peças de roupa para 3 meses. Todas as roupas, acessórios, jóias e calçado devem contar para o número. Temos exceções! A aliança de casamento ou outras jóias que sempre usamos (eu tenho um fio e um anel que nunca tiro), roupa interior, roupa de dormir, roupa de casa e roupa de desporto. As roupas que não se encaixam mais por algum motivo ou estão em mau estado podem ser substituídas.

Escolhi os meus 33 itens e guardei o resto da roupa separado, para não ter tendência de ir buscar algo que não está na minha lista. Então a roupa escolhida por mim foi:

Calças:
  • calças ganga clara 
  • calças ganga escura 
  • calças ganga rasgadas 
  • calças pretas 
  • calças cinzentas 
  • calças tecido azul escuras 
Casacos de malha:
  • casaco preto 
  • casaco verde 
  • casaco castanho 
Camisas:
  • camisa ganga clara 
  • camisa ganga escura 
  • camisa tecido azul escura 
Camisolas/ T-shirts / Tops:
  • camisola verde 
  • camisola beje 
  • t-shirt preta 
  • t-shirt creme 
  • blusa branca 
  • top azul claro 
  • top flores 
  • top preto 
  • top castanho 
  • top cinzento 
Casacos:
  • casaco de ganga 
  • casaco preto 
  • casaco creme 
  • blazer azul escuro 
Calçado:
  • ténis pretos 
  • sabrinas 
  • botas 
Acessórios:
  • mala preta 
  • écharpe preta 
  • écharpe verde 
  • 1 par de brincos
Eu só uso calças e aqui em França é preciso ter um bom casaco para andar na rua, mas dentro das casas não é preciso muita roupa. Em relação à bijutaria só uso mesmo o fio e o anel que nunca tiro e às vezes coloco uns brincos (que são sempre os mesmos). 
Esta tarefa não foi assim tão difícil para mim, porque na verdade eu não tenho muita roupa e nunca tive, mas foi sempre por falta de possibilidade. Tenho a certeza que se pudesse hoje em dia teria o guarda-roupa cheio. Ou seja, ainda bem que no passado não me era possível ser consumista! :) No entanto, é possível agora e eu não quero cair no erro de encher o guarda-roupa com roupas/ acessórios/ calçado desnecessários. Então este projeto serve para me mostrar que tenho mais que o suficiente e só preciso de trocar alguns itens por estarem mesmo a dar as últimas. 

Como eu escolhi os meus 33 itens? Primeiro tirei tudo o que eu não usei no ano passado. Depois vi algumas peças de que não gosto muito e que só usava ocasionalmente. Retirei também a roupa de verão que não vou usar mesmo nesta nova estação. Ainda me inspirei no meu álbum do pinterest para escolher as roupas que quero. 

A minha expectativa é mesmo perceber que não preciso de dezenas de peças de roupa e que vou conseguir simplificar a minha rotina matinal. E no final do projecto conseguir mesmo deixar ir algumas peças que ainda guardo no roupeiro à espera de um dia serem usadas, que raramente chega.

Assim, vou aproveitar para destralhar mais alguns roupas que guardei, mas tenho a certeza que não as vou usar, ou porque deixei de gostar ou porque está velhas. E vou verificar neste primeiro mês se a minha seleção é a que se encaixa no estilo que eu quero para mim atualmente. 
É preciso ter atenção que, como Courtney Carver frisa, este projeto não envolve sofrimento e sacrifício, por isso se achar que necessito de adicionar mais algum item adiciono sem qualquer problema ou sentimento de frustração. 

E desse lado quem já fez este projeto? Ou quem ainda não fez?

© Just happy with less. Design by FCD.