O Minimalista que está dentro de nós

Hoje vou falar de um ebook: o "The Minimalist Within" de Faith Jones. Estas autora escreve o blog Minimalist at Home e têm diversos livros publicados sobre o minimalismo, mas este que apresento é gratuito (está em inglês, mas é de fácil tradução).

The Minimalist Within é tipo um guia de iniciação para a nossa jornada em direção ao minimalismo, mas não nos dá instruções de como organizar ou destralhar. A autora conta-nos como começou o seu caminho no minimalismo e fala-nos das motivações que estão por detrás do desejo de nos tornarmos minimalistas e os benefícios deste. O livro é uma boa ferramenta para determinar o "porquê" do minimalismo na nossa vida e faz-nos pensar como é importante priorizar, para manter o foco nas coisas que realmente importam, deixando as coisas que não interessam. 

"Algumas pessoas referem-se ao minimalismo como um movimento social, enquanto outros o definem como uma opção de vida. Apesar de ter significados diferentes para pessoas diferentes, a maioria concorda que o minimalismo é se concentrar nas coisas que importam, deixando de lado o resto." - Faith Janes   

Ficam aqui alguns passos que Faith Janes apresenta ao longo do livro:
- As perguntas certas que devemos fazer antes de começar a nossa busca pelo minimalismo. Segundo a autora devemos ter a certeza do porquê querer ter um estilo de vida minimalista e assim devemos colocar o "porquê" em vez de "como" nas nossas questões, como por exemplo: "Não pergunte: Como faço para me livrar de toda esta confusão?. Pergunte: Porquê que eu quero menos confusão na minha vida?". 

- Os 10 pequenos passos minimalistas que devemos dar:

  1. Comprar Menos -> Economizar Mais
  2. Assistir Menos Televisão -> Ler ou Falar Mais
  3. Conduzir Menos -> Andar a pé, de Bicicleta ou Descansar Mais
  4. Programar Menos -> Prosseguir Mais Tempo Livre
  5. Discutir Menos -> Debater e Respeitar Mais
  6. Preocupar-se Menos -> Procurar Mais a Paz
  7. Organizar Menos -> Priorizar Mais
  8. Guardar Menos -> Destralhar Mais
  9. Trabalhar Menos -> Desconectar Mais
  10. Consumir Menos -> Dar mais


- Priorizar e não organizar. Para a autora, o nosso primeiro passo não deve ser organizar mas sim priorizar. Assim ao refletir quais são as nossas prioridades, torna-se muito mais fácil decidir o que é preciso ser eliminado. Devemos perguntar a nós mesmos o que é realmente importante para nós. 

No livro podem encontrar mais informação interessante, bem como imagens e citações inspiradoras para a simplificação da nossa vida. É um livro de fácil leitura e eu recomendo para quem está no início desta jornada em direção ao minimalismo, como eu. Podem fazer o download aqui.  

Sem comentários:

Enviar um comentário