O meu Processo para Destralhar...

junho 06, 2014


Eu sempre fui uma pessoa organizada. Mas quando me mudei vim viver para uma casa menor, por isso tive a necessidade de escolher as coisas mais importantes e essenciais para trazer comigo e deixar tudo o resto para trás. Este foi o primeiro grande "declutter" (destralhar, gosto mais da palavra em inglês). A tarefa não foi sentimentalmente difícil porque não sou de ficar muito apegada às coisas, como disse aqui

Depois quando cheguei a França, foi necessário reduzir as nossas coisas, para conseguir caber tudo dos dois nos espaços que temos e não comprar mais mobília. Mas ainda continuo a precisar de destralhar, ou não seria este processo um processo continuo para a simplificação das nossas vidas. Mas o meu principal desafio é viver com uma pessoa que é muito pouco minimalista e que guarda coisas que sabe que nunca mais vai precisar e utilizar, mas que continua a dizer “deixa que um dia…”. Por exemplo, no inicio ele queria comprar mais uma cómoda, porque não ia dar para guardar toda a nossa roupa, mas com algum destralhe meu e organização não foi preciso mais nada e está tudo guardado num mini roupeiro e numa cómoda. Tenho conseguido aos poucos convencê-lo a reduzir as suas coisas.

Na tarefa de destralhar as nossas coisas, tento sempre seguir alguns passos:

1- Para começar, investiguei como era feita a reciclagem aqui em França, onde estavam os ecopontos e as “déchetteries”, que são locais próprios que podemos deixar tudo o que não queremos para reciclagem: móveis velhos, electrodomésticos, cartões grandes, etc...Procurei os sites de venda online com mais usados, em Portugal uso o Olx e aqui uso o leboncoin (é igual ao custojusto.pt). Também procurei instituições onde podia entregar a roupa e outras coisas para doar. Não foi uma tarefa fácil porque não sou de cá e falo muito pouco francês, mas consegui :) 

2- Agora para começar o processo de destralhar, planeio primeiro aquilo que quero fazer, o que quero deitar fora, o que preciso de limpar ou recuperar, como quero organizar o espaço e o que é necessário comprar. Isto tudo para cada uma das divisões. Tenho toda a informação numa pasta no computador, dividida em sub-pastas: quarto, cozinha, entrada, casa-de-banho e arrecadação. 

3- Defino as várias tarefas, como destralhar a roupa, destralhar fotos ou documentos, ou destralhar uma divisão. E estabeleço uma estratégia, ou seja, como e quando iria realizar a tarefa consoante o tempo previsto para a sua realização.

4- Para não adiar muito as tarefas defino um prazo para a conclusão. Ás vezes recolhemos tanta informação e planeamos, planeamos e nunca mais metemos mãos à obra, por isso tento nunca falhar com as datas determinadas. Também pode acontecer falhar, e aí defino outro prazo mas mais curto. Depois agendo uma data específica para realizar a tarefa ou as tarefas necessárias. 

5- Passo à ação: coloco uma música (para mim essencial) e fotografo antes para depois ver a diferença. Uso o temporizador do telemóvel com o tempo estabelecido para não me distrair com outras coisas até o tempo acabar. Separo os sacos (lixo, doar e vender), e começo a destralhar. Tenho em atenção aos objectos que vou deitar fora e tento ver se realmente eles não têm mesmo mais utilidade. Não entrar em exageros e ter o bom senso!  

6- Depois de só ter as coisas quero manter defino um local certo, para manter as coisas organizadas. Aqui em casa já se sabe que tudo tem o seu devido lugar...confesso que sou um pouco picuinhas com isso, mas senão tivermos este cuidado pode tudo voltar ao normal. 

7- Tento levar tudo para o lixo imediatamente e não demorar muito tempo a doar as coisas. Faço uma lista das coisas para vender e agendo um dia para colocar tudo online. Tenho uma tabela em excel com itens para vender e a informação dos portes de envio, para facilitar depois a venda. 

8- Finalmente, tiro uma fotografia ao resultado. É mesmo gratificante e motivador ver a diferença e ver que valeu a pena o esforço. 

Quanto mais preparados tivermos para a tarefa, mais simples ela será...e mais provável será seguir em frente e não desmotivar. 

2 comentários

  1. Ei Raquel, muito bacana essa sua ideia de registrar em foto o antes e o depois do destralhe. Vou começar a fazer isso também como forma de me organizar melhor.

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bruna...vais ver que a sensação é fantástica ver as fotos do depois :)

      Eliminar

© Just happy with less. Design by FCD.