O Poder do Agora

junho 17, 2014

Este mês estive a ler o livro O Poder do Agora de Eckhart Tolle, pois sendo um dos meus principais objectivos esquecer a minha ansiedade pelo futuro e as tristezas e frustrações pelo passado. Demorei um pouco a ler o livro, porque o próprio autor aconselha-nos a fazer algumas pausas para parar de ler e pensar no que foi dito. O meu principal problema é que estou sempre a pensar em alguma coisa (como já disse aqui) e, segundo o autor, o principal problema é que as pessoas estão quase sempre com a mente no passado ou no futuro e não dão a devida importância ao presente. 

Nada jamais aconteceu no passado, aconteceu no Agora. Nada jamais irá acontecer no futuro, acontecerá no Agora. – Eckhart Tolle

Eckhart conta-nos que até aos trinta anos era extremamente ansioso e sofria de depressão, mas passou por uma profunda transformação espiritual e desde então é conselheiro e mestre espiritual. Por isso o livro tem o formato de perguntas e respostas e todas as questões foram formuladas pelas pessoas que participaram nos seus seminários.

Agora falando dos nosso pensamento, o autor afirma que 80% a 90% deles são repetitivos, inúteis e, devido à nossa natureza frequentemente negativa, são também nocivos. É assim que gastamos muita da nossa energia vital. Pior é que nós perdemos tanta coisa na vida por não vivermos no exacto momento e esperamos sempre que aconteça sempre algo para fazermos um dia o que realmente queremos. Não é verdade que nós dizemos muitas vezes “Um dia, quando isso ou aquilo acontecer, vou ficar bem, feliz, em paz". Ou seja, nós vemos o presente como um meio para obter o fim desejado. Para o autor, isto é algo que só existe nas nossas mentes, nunca na realidade. O momento presente é tudo o que nós temos, por isso devemos fazer do Agora o foco principal da nossa vida. No dia-a-dia é possível pôr isso em prática dando total atenção a qualquer acti"vidade rotineira, por exemplo, "todas as vezes que subir ou descer as escadas em casa ou no trabalho, preste muita atenção a cada passo, a cada movimento, até mesmo à sua respiração. Esteja totalmente presente". 

O autor também afirma que muitas vezes só procuramos "do lado de fora, as migalhas de prazer, aprovação, segurança ou amor”, em vez de olharmos para o nosso interior, onde está a cura para todo o nosso sofrimento (anseios, necessidades, desejos, apegos e aversões). A nossa felicidade só depende nós! Temos que deixar de ter mais e passar a ser mais! Olhar mais para dentro de nós! 

Podia estar aqui o dia todo a explicar cada técnica que o autor nos dá para libertarmo-nos da nossa mente, deixar de sofrer com o desnecessário e passar a viver o momento Agora, mas como o meu interesse pelo livro despertou com um post do blog Desassossegada que, na minha opinião, resume muito bem o que está escrito no livro, deixo aqui o link para quem estiver interessado e ir lá ler.

Aqui está um filme com a explicação de Eckhart Tolle de "Como largamos o vício de pensar":


Enviar um comentário

© Just happy with less. Design by FCD.