#5 Livros que li e gostei!

setembro 30, 2015



Antes de vos falar do livro que li e gostei, queria vos dizer que eu sou realmente viciada em livros, mesmo com a minha vontade de ser cada vez mais minimalista e desapegar-me facilmente de (certos) livros, gosto muito de ter a minha colecção e, para ser sincera, tem aumentado consideravelmente nestes últimos meses. Porquê? Porque agora vivo numa casa maior e já posso ter a minha estante com livros, porque estou a incentivar a minha filha a ler e, principalmente, porque sempre foi um desejo meu. Se é essencial para mim? É, porque me faz feliz!
Mas eu continuo a ler muitos ebooks e estes são sempre gratuitos. Sou fã do site Le Livros! Embora a maioria dos ebooks partilhados são em português brasileiro, o site foi criado por um grupo de estudantes residentes em Portugal. Eu leio alguns ebooks através deste site e depois se gostei realmente muito da leitura compro o livro em português de Portugal para um dia voltar a reler. Foi uma maneira que arranjei de ler mais livros. Agora consigo ler uma média de 5 a 6 livros por mês! Muito bom!
Outra coisa que queria dizer é que, normalmente, compro no Olx em 2ª mão e depois a minha irmã querida envia-me para França, pois eu ainda não leio livros em francês, não sei porquê, mas eu gosto muito de ler na minha língua...em francês não entendo algumas coisas e parece que perco algumas partes das histórias.

Agora vamos ao livro que li e gostei!


Li este livro no mês de Agosto e não podia deixar de escrever aqui sobre ele...gostei! Vou ser sincera, não foi um livro que li num ápice, pois acho que tem partes um pouco lentas, em que a história não anda e dava-me vontade de dormir! Mas depois tem partes muito interessantes e que me fez ficar agarrada ao livro. O livro conta a história da própria escritora que numa fase difícil da sua existência, descobre que afinal não quer ser mãe nem viver com o marido numa casa formidável em Nova Iorque e, após um divórcio conturbado, decidiu fazer uma viagem sozinha durante 12 meses para três destinos diferentes: Itália, Índia e Indonésia. Curiosamente, os três países começam com a letra I, que em inglês significa a palavra "eu" e esse é exactamente o motivo de sua viagem: a descoberta do Eu. Ela queria explorar a arte do prazer na Itália, a arte da devoção na Índia e, na Indonésia, a arte de equilibrar as duas coisas. Então a autora partiu para esta aventura e conta-nos a história de uma forma tão simples que é como se estivesse à nossa frente a contá-la. Eu sou uma pessoa que adora livros com histórias reais, e a Liz (como é tratada no livro) mostra bem as suas próprias dificuldades e, na minha opinião, é o que nos faz identificar com ela. E quem é que não tem problemas, fantasmas, medos na vida!! A autora mostra como os "ultrapassou"!

Logo no início do livro, Elizabeth deixa estas palavras:
"Se você tem a coragem de deixar para trás tudo que lhe é familiar e confortável (pode ser qualquer coisa, desde a sua casa aos seus antigos ressentimentos) e embarcar numa jornada em busca da verdade (para dentro ou para fora), e se você tem mesmo a vontade de considerar tudo que acontece nessa jornada como uma pista, e se você aceitar cada um que encontre no caminho como professor, e se estiver preparada, acima de tudo, para encarar (e perdoar) algumas realidades bem difíceis sobre você mesma...então a verdade não lhe será negada."

Recomendo mesmo este livro.
(deixo o link do livro para o site le livros)

Existe já o filme há muito tempo, mas eu nunca vi! Tenho que tratar disso :)

Boas leituras!


Parabéns para Mim!!

setembro 28, 2015


Hoje não venho falar da semana que passou, porque tem sido mais do mesmo... adaptação... adaptação... adaptação às mudanças. E para ser sincera acho que por ter atingido o meu objectivo principal deste ano, sinto que estagnei! Ando a proscratinar de uma maneira que até fico indignada comigo própria. Mas hoje é um ótimo dia para refletir sobre a vida! E porquê? Porque faço anos :)

E já cheguei aos meus 32 aninhos!! Olho para trás e sinto-me feliz! Não foram 32 anos de felicidade... não, não foram! Mas hoje consigo dizer que consegui perdoar o meu passado e agora tenho cada vez mais a certeza que sou eu a responsável pela minha própria felicidade.

"A vida não nos acontece, nós fazêmo-la acontecer!"
Rachel Brathen em Yoga Girl

Sou uma pessoa organizada e adoro planear tudo, só que também tenho alturas em que nem tudo corre como quero ou desejo! E claro não sou perfeita e ninguém o é! O segredo é não desistir e, se for necessário, voltar ao início. Hoje é um bom dia para deixar de levar os meus dias a reagir ao que acontece e passar a agir. Não esquecer o que desejei para este ano:
SER mais organizada 
SER mais focalizada 
SER mais ecológica 
SER mais saudável
SER mais mãe
SER mais companheira
SER mais amiga
SER mais minimalista

SER mais EU!

Desejo-vos uma ótima semana :) E prometo que esta semana vou escrever mais no blog!!!

Nas Semanas que passaram...

setembro 21, 2015


Tive bem longe das tecnologias, da internet e das redes sociais! E por isso não vim aqui escrever no blog. O meu trabalho tem me deixado um pouco cansada, com as horas extras que ando a fazer, mas o principal motivo é que quero aproveitar o meu pouco tempo livre para estar com a minha filha. Tenho deixado um pouco de lado o mundo virtual e aproveitado mais o mundo físico que me rodeia: fazer passeios matinais com a nossa preta, passar as noites sentada no sofá a mimar os meus e a ler muito. Eu sou uma pessoa que adora ler e escrever, e neste momento a vontade de ler tem sido maior. Outra das razões é que não quero passar muito tempo agarrada ao computador, para dar o exemplo a minha filha e ajudá-la a desenvolver o hábito da leitura na sua vida. 
Espero esta semana conseguir vir aqui mais vezes, tenho muitas ideias para o blog, muitos posts pendentes e comentários por responder, por isso tenho que arranjar um tempinho na minha agenda para vir aqui mais vezes. 

No pouco tempo que vou ao bloglovin ver as novas postagens, só tenho lido realmente o que me desperta atenção, por isso está na altura de destralhar esta aplicação e deixar realmente só os blogs do coração!
Deixo aqui alguns posts que li e me inspiraram:




- Sempre é tempo de mudar! - Uma Vida mais Simples 

- O princípio 90/10 - Da minha Janela

Como ando numa fase de ler muito, andei a pesquisar por sugestões e descobri um canal no youtube de uma portuguesa que estou a adorar, Litlle house of books. Já seguia no youtube duas brasileiras que também estão a fazer aumentar a minha lista de livros a ler, a Pam Gonçalves e Tiny Little Things. Para livros de não-ficção, quem me faz aumentar a minha lista é a Mafalda e a Rita. Tenho que partilhar as últimas leituras que fiz!

Boa semana e boas leituras :)
créditos de imagem | Annetta Bosakova

O meu Bullet Journal

setembro 09, 2015


No início deste ano publiquei aqui a agenda que fiz para mim, mas não estava a funcionar para mim! Eu preciso de um lugar para escrever livremente e também estar a imprimir as folhas sempre que precisava não estava a dar certo. Agora uso a minha Agenda Arc para o dossier de casa, onde estão dados que preciso de ter a mão (que depois irei falar aqui) e para o uso diário e semanal tenho um Caderno Moleskine, onde tenho o meu Bullet Journal.

Este método de organização há muito tempo que me fascina por ser prático e simples. Experimentei durante estes meses que passaram e realmente é a ferramenta que funciona melhor comigo, pelo menos não a abandonei!! Para explicar o que é o Bullet Journal posso dizer, resumidamente, que é um sistema de gestão de tarefas diárias, criado por Rydder Carroll e é completamente adaptável as necessidades de cada um. Onde se escreve para o dia as tarefas a fazer, como também os eventos e notas, usando símbolos diferentes. O principal objectivo deste método é concentrar toda a organização pessoal num simples caderno de anotações. Aconselho a quem estiver interessado em saber mais sobre este método de ver o próprio site do Bullet Journal

Claro que podemos adaptar o método às necessidades, ao estilo e às preferências de cada pessoa. Na internet existe vários exemplos (podem ver alguns no meu pinterest), uns mais simples, outros mais complexos e outros bem exagerados. Mas na minha opinião este método é bom pelo sua simplicidade e a organização dever ser uma coisa simples, por isso nada de exagerar.
Vou mostrar como utilizo o meu Bullet Journal através de fotografias, que é bem mais fácil. Comecei um novo agora em setembro, por isso este vai ser de 2015-2016. A capa:


No final do caderno coloquei a lista de bullets (símbolos) que uso:


Depois tenho uma página com o calendário anual de 2015 e outra com o de 2016. Podia começar logo pelo índice como Rydder explica no site, mas sinto a necessidade de ter um calendário, como também fazer um planeamento antes de passar para o registo das tarefas e notas diárias.
Calendário 2015:


Calendário 2016 e o Índice:


Tabela com os Aniversários e Datas importantes que quero sempre lembrar-me:


Calendário mensal para datas realmente importantes, já tentei usar o google calendar, mas não consigo utilizar ferramentas digitais para estas coisas.


Planeamento mensal, onde coloco o meu horário de trabalho (varia todas as semanas), e na página ao lado coloco os projetos de pessoais, casa e blog que quero fazer durante o mês e a lista de livros que pretendo ler. 


Ainda no planeamento mensal faço um mapa para esse mês e uma tabela onde registo as minhas rotinas.


Planeamento da minha semana, onde registo as prioridades, as tarefas a fazer mais importantes, os gastos semanais, a ementa semanal e umas frases para me inspirarem durante a semana:


E finalmente vem o registo das tarefas diárias e outras informações que quero ter comigo (listas de compras e, por exemplo, as contas do gasóleo que gasto durante um mês).


O meu bullet journal poderia estar mais simples ainda mas há coisas que necessito para a minha organização e orientação nos assuntos pessoais e cá de casa. Deixei aqui um pouco de como me organizo, espero que ajude alguém a encontrar o seu próprio método de organização!

Na Semana que passou...

setembro 07, 2015


Regressei aqui ao blog e andei em preparativos para a chegada da minha menina no Sábado :) ELA CHEGOU!!! Correu tudo bem e finalmente estamos juntas! Quem me tem acompanhado aqui no blog, sabe que ansiava por esta chegada há muito tempo. Este fim-de-semana foi exclusivo para a família! 
Agora vamos lá começar a experimentar os novos desafios que esta chegada veio trazer para a nossa família! Hoje de manhã já tive companhia na minha prática de yoga e de meditação matinal :) A minha filha nunca praticou, mas gostava de começar desde já a mostrar-lhe um pouco os benefícios desta prática!! Vou-me inspirar na experiência da Rita

Como disse a semana passada não tenho dedicado muito tempo à leitura de blogs, mas mesmo assim trago alguns posts que gostei durante este tempo que tive ausente: 
- Como ajudar um país - conto chinês - no Vida Conectada

- Benefícios fantásticos do silêncio - no Desassossegada

- Radicalismo x Grandes Conquistas - no Minimalismo na Prática

- 7 Hábitos diários para uma casa livre de tralha - no Becoming Minimalist

- 27 dicas definitivas de organização - no Vida Organizada


Desejo-vos uma ótima semana!! A minha vai ser boa de certeza :)

Beijinhos
créditos de imagem | seaweed kisses

#4 Livros que li e gostei!

setembro 04, 2015


Vamos lá começar a falar das leituras que tenho feito nestes últimos tempos! Estes últimos meses tenho andado mais afastada da Internet e das leituras de blogs. São fases! Mas tem sido uma vantagem porque tenho lido mais livros. Todos os tempos livres que tenho leio um livro, em vez de andar a ler o bloglovin ou a vaguear pelas redes sociais. O que me fez decidir limitar mais o uso delas. 
Quer ver se consigo ao longo do mês de Setembro partilhar todas as leituras que fiz. Algumas vou só dar a minha opinião resumida, mas há livros que merecem especial atenção. 

Hoje vou falar do livro Um Chá, Torradas e Yôga, de Bruno Reis. Tive conhecimento do livro através de uma partilha do facebook e despertou-me a atenção o título. Gostei muito de ler!! Bruno Reis é instrutor de yoga há 10 anos e através do seu livro ajuda-nos a adaptar as técnicas orientais ao estilo de vida ocidental. Um livro simples e de fácil leitura, com explicação e ilustração de exercícios de yoga para iniciantes e, na minha opinião, para praticantes também. Um livro que nos mostra que se pode aplicar o yoga em vários momentos do nosso dia, desde ao acordar, no banho, no trabalho e ao deitar. Uma das coisas que destaco neste livro é a forma simples como o autor nos apresenta o yoga...não há nomes de posturas e de técnicas estranhos, o que ajuda muito para quem está no início. 
Bruno Reis não fala só em posturas de yoga, fala-nos também dos diferentes tipos de respiração, de técnicas de concentração, de alimentação saudável, pois "o yoga também está naquilo que comemos", e de formas de desintoxicar o corpo. Para quem quer iniciar a prática de yoga recomendo este livro e para quem já pratica yoga recomendo na mesma a sua leitura!

Alguém já leu este livro? 

Boas leituras :)   



Bem vindo meu Setembro! - Regresso

setembro 01, 2015


Hoje é o primeiro dia do mês do ano que eu adoro! Setembro para mim é o melhor mês do ano, não só porque significa o começo de um novo ano para mim, mas porque está cheio de datas que marcaram a minha vida (já falei aqui no ano passado). Setembro para mim é um mês de recomeços...um mês de reflexão! Olhar para os meses que já passaram e ver o que fiz para alcançar os meus objectivos! Este ano estou num bom caminho! Já concretizei muitos projetos da minha lista para este ano: aprendi e estou a aprender uma língua nova, arranjei trabalho, troquei de casa e a minha filha vem se juntar a nós no dia 5 de Setembro (mais uma data importante).

Como não tive férias de verão, decidi na mesma tirar férias das rotinas cá de casa no mês de agosto. Por isso andei um pouco ao sabor do vento, fazia o meu horário normal de trabalho, mas quando estava em casa, estava como se tivesse de férias...sem lista de tarefas a fazer, sem obrigações nem rotinas a fazer. Habituar-me à casa nova e organizar e arrumar tudo com muita tranquilidade. E soube mesmo bem! Agora com o início do mês setembro toca a voltar às rotinas e aos hábitos implementados este ano, à minha prática de yoga e de meditação todos os dias... 

Por tudo isto não há melhor dia para regressar a este meu cantinho que eu gosto tanto e já tinha tantas saudades!! Espero que ainda estejam desse lado :) 

Boa semana!!!
créditos da imagem | blue mountain thyme

© Just happy with less. Design by FCD.